Como criar um aplicativo para minha empresa?

Como criar um aplicativo para minha empresa? essa pergunta é feita com basta frequência nos dias de hoje.

Nos últimos anos a forma como nos comunicamos e interagimos com nossos familiares, amigos e até mesmo com as empresas, mudou profundamente. O uso de aplicativos móveis está mais presente do que nunca no nosso dia a dia. 

E não é nenhuma novidade que os aplicativos facilitam a vida das pessoas, e isso vale também para a sua empresa. Hoje em dia a internet é um meio de fundamental importância para os negócios, já que temos uma comunicação bem acelerada e instantânea.  

Você pode estar se perguntando por que é importante a criação de um aplicativo para o seu negócio, certo? Ficar ultrapassado não deve ser uma opção para seu empreendimento, então é fundamental ter o conhecimento sobre os resultados que a criação de um aplicativo pode gerar para seu negócio. 

O desenvolvimento de aplicativos oferece muitos benefícios à sua empresa, como por exemplo a redução de custos, tempo, aumento da produtividade, eficiência, automação e otimização de processos, fortalece e aumenta o alcance da sua marca, oferece inovação, entre outros ótimos efeitos. 

Eu vou listar alguns passos para que você consiga ter uma base de como iniciar o desenvolvimento do seu aplicativo. 

Tenha uma ideia clara do propósito de seu aplicativo

A primeira coisa que você dever ter em mente no desenvolvimento de um aplicativo é qual o problema que deseja/precisa resolver. Olhe ao redor e irá perceber que cada produto e serviço que usamos foram criados para resolver um problema. Os empreendedores de sucesso resolvem problemas de um jeito que diferente.   

Então, procure problemas em sua vida diária ou então na vida das pessoas que convivem contigo. Liste cada um deles, mesmo que inicialmente pareça uma coisa exaustiva. Esgote as possibilidades, porque em algum momento você pensará como poderia resolver esses problemas e, por exclusão, ficará em sua lista apenas os aplicativos que fazem mais sentido e por fim saberá qual aplicativo vai sair do papel. 

Faça um planejamento 

Esse é o momento de ter em mente qual o seu público-alvo, quais as necessidades dos usuários desse aplicativo, ter um orçamento em mente para esse sistema, reservar um tempo para o envolvimento nesse projeto e ter um esboço com o que você deseja bem definido. 

Nesta etapa, é essencial pensar de formas práticas e rápidas. Sabemos que ao desenvolver uma nova ideia, as hipóteses iniciais do seu projeto podem mudar rapidamente, então considere estudar sobre as metodologias ágeis (sugerimos a leitura do livro “A Startup Enxuta”) e também elabore seu Business Canvas Model – Uma metodologia fácil de criar um modelo de negócios. 

Contrate uma empresa que aposte em sua ideia 

Com isso definido, chega a hora de pesquisar por uma empresa qualificada para te ajudar no desenvolvimento desse aplicativo. É importante que você pesquise a credibilidade e os aplicativos desenvolvidos pela empresa. Caso encontre um portfólio que te agrade, as chances de você estar no caminho certo, são muito boas. Então, busque referencias com pessoas que já foram ou são clientes da empresa.  

Observe se a empresa oferta reuniões de acompanhamento e mostra o processo do desenvolvimento, também veja a política da empresa em relação a prazos, valores e confidencialidade, isso é muito importante. 

Saiba que é essencial que você saiba que o valor do serviço também irá medir o valor do sucesso do aplicativo. Sabemos que startups começam com pouco ou nenhum dinheiro, porém investimento é o primeiro passo para retornos. Não economize para ter sucesso! 

Participe do design e protótipo do aplicativo 

Após a fase de planejamento, é necessário determinar o design e a criação dos protótipos de telas. O design não é apenas como seu aplicativo se parece, mas sim a principal forma como um usuário irá experimentar e utilizar seu aplicativo. Já os protótipos de tela, são importantes para que vocês (tanto sua empresa, como a empresa de desenvolvimento do software), avaliarem as funcionalidades e validarem a usabilidade do aplicativo. Desse jeito, os ajustes serão mais fáceis, já que os protótipos não precisam dos códigos de programação definidos.  

Os protótipos também podem ser apresentados a um grupo focal – que nada mais é do que a demonstração do aplicativo para uma quantidade limitada de usuários. Essas pessoas vão verificar os pontos positivos e negativos e oferecer feedback, para que assim possam melhorar ainda mais o aplicativo.

Acompanhe o desenvolvimento 

Agora é realizada a criação dos códigos de programação, que darão “vida” ao aplicativo. É pertinente destacar que independente da tecnologia escolhida ou da linguagem utilizada para o desenvolvimento do aplicativo, é essencial o uso da metodologia ágil. Essa é uma prática bem importante para evitar retrabalhos e/ou custos adicionais no projeto. 

Então, acompanhe de perto o desenvolvimento e exija que sejam repassados relatórios sobre as etapas de desenvolvimento. Dessa forma você terá transparência nos processos e conseguirá avaliar o profissionalismo da empresa contratada. 

Novos Recursos para o seu aplicativo – Atualizações 

Vale lembrar que depois que seu aplicativo for lançado, você não pode abandona-lo. É necessário estar atento aos feedbacks dos usuários e assim executar atualização, inclusão ou até mesmo exclusão de algum recurso. 

Agora que você conhece um pouco do processo de desenvolvimento de aplicativo, o que acha de começar a planejar um aplicativo para sua empresa? Entre em contato conosco e tire suas dúvidas! 

 

Gostou?

Leia agora mais conteúdos 

Conheça nossas soluções

Veja nossos cases de sucesso

Deixe um comentário

Your email address will not be published.