Arquitetura da informação: o que é?

Arquitetura da informação: o que é? como ela influencia o seu produto?

A fase da arquitetura da informação é importante para organizar e dar mais clareza para o projeto, permitindo assim que o usuário tenha uma experiência eficaz, rápida e efetiva com o meio virtual que está utilizando. É o profissional de arquitetura da informação que trabalha na elaboração do pré-projeto do produto escolhido pelo cliente, traçando mapas e fluxogramas que serão essenciais para o projeto final.

“A arquitetura da informação é a arte e a ciência de organizar e categorizar web sites, intranets, comunidades online e softwares para favorecer a usabilidade e a facilidade para se encontrar o que se procura.”

Definição encontrada no Information Architecture Institute (Organização sem fins lucrativos)

É muito importante contar com essa área da tecnologia da informação para que sejam definidas as funcionalidades e recursos que o projeto terá, a maneira como o usuário irá navegar, considerando até mesmo os contextos culturais, sociais e o nível de familiaridade do público-alvo com a tecnologia. Apenas com um trabalho bem feito de arquitetura da informação é que entram os demais profissionais, como designers, e ilustradores, que trabalharão no esqueleto do projeto.

Os arquitetos de informação e os designers de experiência do usuário (UX – User Experience) costumam trabalhar juntos nos projetos de desenvolvimento e testes, pois os designers de UX aproveitam a arquitetura da informação não só para proporcionar uma boa navegação do site, mas também aumentar a sua capacidade de engajar os usuários.

Os designers de UX trabalham para tornar as experiências mais profundas, visando a tocar os usuários em um nível emocional para desencadear uma resposta. Nesse caso, o projeto visa a adicionar contextos e histórias que os usuários reconheçam, tendo algo para vivenciar experiências novas ou mais profundas daquilo que já conhecem.

Embora o uso das ferramentas certas no momento exato seja importante, é vital lembrar que a criação de uma experiência memorável só será possível se mantiver os usuários sempre em mente. A partir desse pensamento, os itens que vão compor as páginas começam a ganhar maior sentido, agregando relevância aos usuários.

A maioria dos sites possui informações em excesso e, muitas vezes, desorganizadas. Não deixe que isso aconteça no seu site. Limite a quantidade de informações ao necessário e, se o assunto for longo, divida-o em tópicos, produza e-books e faça outras postagens, porém respeitando a linha de raciocínio.

O ideal é que as informações mais importantes não sejam reveladas logo no primeiro conteúdo, mas que se crie um pouco de mistério e se gere certa expectativa, para que os usuários tenham uma boa razão para retornar, se inscrever e entrar em contato com você. Com essa estratégia, você pode criar um processo de experiência baseado em níveis.

A arquitetura da informação é a chave para ter um site profissional e oferecer produtos e serviços capazes de gerar uma percepção positiva para os usuários. Mas, colocá-la em prática demanda conhecimentos, habilidades e experiências profundas no assunto. Garantimos que aqui na Bitzen temos uma equipe especializada para fazer um produto de excelente qualidade.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.